segunda-feira, 25 de outubro de 2010

A poesia está no ar...




Madrigal
A luz do sol bate na lua...
Bate na lua, cai no mar...
Do mar ascende à face tua,
Vem reluzir em teu olhar...
E olhas nos olhos solitários,
Nos olhos que são teus... É assim
Que eu sinto em êxtases lunários
A luz do sol cantar em mim...


Manuel Bandeira, do indispensável "Estrela de uma vida inteira".

Nenhum comentário:

Postar um comentário