domingo, 20 de março de 2011

"Morrer...dormir...não mais!
E com ela terminam nossas dores;
Um punhado de terra, alguma flores,
E, às vezes, uma lagrima fingida!"

Francisco Otaviano(1825-1884), poeta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário