domingo, 20 de março de 2011

"Sem dizer palavra, sem imaginar nada,
com o infinito amor na alma que tudo quer,
vou longe, muito longe."
Arthur Rimbaud(1854-1891), poeta francês, em Sensação, do livro Fogo Alto

Nenhum comentário:

Postar um comentário