domingo, 17 de abril de 2011

Aula de leitura

"Havia um cego sentado numa calçada em Paris, com um boné a seus pés e um pedaço de madeira escrito com giz branco: "Por favor ajude-me, sou cego".
Um publicitário da área da criação que passava em frente a ele parou e viu poucas moedas no boné.
Sem pedir licença, pegou no cartaz virou-o, pegou no giz e escreveu outro anúncio.
Voltou a colocar o pedaço de madeira aos pés do cego e foi embora.
Ao cair da tarde, o publicitário voltou a passar em frente ao cego que pedia esmola. Seu boné agora estava cheio de notas e moedas.
O cego reconheceu as pisadas do publicitário e perguntou-lhe se tinha sido ele quem reescrevera o cartaz, sobretudo querendo saber o que ele havia escrito.
O publicitário respondeu: "Nada que não esteja de acordo com o seu anúncio, mas com outras palavras."
E sorrindo continuou o seu caminho.
O cego nunca soube o que estava escrito, mas o seu novo cartaz dizia: "Hoje é Primavera em Paris e eu... não posso vê-la." "
"Sempre é bom mudarmos de estratégia quando nada acontece"

Autor desconhecido.

Eu conheci esse texto através de uma aluna do 8º ano na nossa aula de leitura em 2009. Ela não gostava de estudar, sentava no fundo da sala,apática e desinteressada. Mas tinha um caderninho com poemas e mensagens lindas e eu gostei desse em especial. Não lembro o nome dela mas lembro do seu rostinho e dessa mensagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário