sábado, 9 de abril de 2011

Avaliação de Aprendizagem

Escola:_____________________________________________________________
Aluno ________________________________Série:_______ Turma:__________
Disciplina: Língua Portuguesa Professor:


INSTRUÇÕES:
• Leia o texto com atenção;
• Reflita antes de responder as questões;
• Utilize apenas caneta de tinta AZUL ou PRETA;
• Evite rasuras ou borrões;
• Não utilize corretivo ou celular;
• Valor da avaliação 5.0

"Os paraísos perdidos estão somente em nós mesmos"
Marcel Proust

Texto:
A Turma

Eu já tive uma turma, ou melhor, fiz parte de turma e sei como é importante em certa idade essa entidade, a turma.
A gente é um ser racional. menos quando em turma. Existe, por exemplo, alguma razão para um grupo de pessoas sentar todo dia numa escadaria ou meio-fio e passar horas conversando?
Você pode falar a um filho, por exemplo, que refrigerantes engordam e chocolates dão mais espinhas em quem já está na idade das espinhas. Ele nem ouvirá. Mas, se um dia a turma resolver, ele passará a tomar só água com limão e pegará nojo de chocolate.
Você pode falar que cabelo tão comprido é incômodo, calorento, atrapalha, mas que nada, ele te pedirá dinheiro para comprar mais xampu. Agora, se a turma resolver cortar careca, ele aparecerá de repente careca no café da manhã e nem quererá falar do assunto _ qual o problema em cortar careca?
Você pode dizer que bossa nova é bom, e mostrar jornais e revistas, provar que só “Garota de Ipanema” já recebeu centenas de gravações em todo o mundo, mas ele aumentará o volume do rock pauleira ou da tecno-bost. Até o dia em que alguém da turma aparece com um CD de bossa nova e ele troca Axel Rose por Tom Jobim de um dia para o outro.
A turma tem modas, como quando resolvem todos arregaçar as barras das calças, que usavam arrastando pelo chão.
A turma tem traumas, como quando o namoradinho de uma se apaixona pela namoradinha de outro e...
A turma tem linguagem própria, uma variante local de um ramal regional da vertente adolescente da língua.
A turma adora sentar na calçada e na praça e falar sobre o que viram em casa na televisão.
A turma tem duplas de amigos e amigas mais chegados, e trios, e quartetos, que num grande minueto anarquista se misturam nas festas de aniversário.
Ninguém da turma dança até que alguém da turma começa a dançar, aí dançam todos trocando de par até acabarem dançando todos juntos como turma que são.
Um da turma se tatua, todos da turma querem se tatuar.
Um bota uma argola no nariz, os outros, para variar, botam no lábio, na sobrancelha e na orelha e...
A turma é isso aí, cara, uma reunião diária de espinhas e inquietações, habilidades e temperamentos, o baralho das personalidades se misturando, o jogo das informações e dos sentimentos rolando nas conversas sem fim, nas andanças sem cansaço, nas músicas compartilhadas, no refri com três canudos e uma empadinha pra quatro.
Na turma pouco dá pra todos, todo mundo divide, cada um contribui, a turma se une partilhando e repartindo.
A turma ri como só na turma se ri.
A turma julga quando erramos.
A turma castiga com silêncios e ironias.
A turma te chama, te reprime, te liberta, te revela, te rebela, te maltrata, te orgulha, te ama e te envolve, te afasta e te atrai, mas a turma é assim porque a turma é a turma.
Até o dia em que _ disse a todos meus filhos _ cansamos de ter turma e passamos a ser gente. E todos me disseram que sou um chato, mas o primogênito hoje já concorda: o tempo da turma passa.
Mas, aqui entre nós, como dá saudade!
(Domingos Pelegrini. Ladrão que rouba ladrão. São Paulo: Ática,2004.)

QUESTÃO 01
Conforme sugere o título, o texto tem como tema a turma Que aspecto relacionado ao tema é abordado nele de modo especial?
( ) A influência da família e da sociedade sobre o comportamento do adolescente.
( ) A influência do grupo de adolescentes sobre cada um de seus integrantes.
( ) O sentimento de revolta do adolescente em relação às pressões do grupo social.

QUESTÃO 02
Ao comentar certos hábitos, como dançar usar tatuagens ou piercings, o narrador aborda a relação do indivíduo com o grupo a que ele pertence. De acordo com esses exemplos:
a) O adolescente que faz parte da turma tem uma opinião ou um gosto próprio? Por quê?
____________________________________________________________________________________________________________________________________________

b) Logo, o adolescente tem uma identidade definida? Justifique sua resposta.
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

QUESTÃO 03
No trecho “Na turma pouco dá pra todos, todo mundo divide, cada um contribui”, que princípio ou valor é destacado positivamente no comportamento da turma?
a) a inveja, a ganância.
b) a solidariedade, a partilha.
c)a felicidade, a alegria.

QUESTÃO 04
Observe esse fragmento do texto:
“A turma julga quando erramos.
A turma castiga com silêncios e ironias.
A turma te chama, te reprime, te liberta, te revela, te rebela, te maltrata, te
orgulha, te ama e te envolve, te afasta e te atrai [...]”
Com base nesse fragmento é correto afirmar:
a) A turma tem um comportamento único, regular e uniforme em relação aos seus
membros.
b) A turma tem um código de leis e de ética.

QUESTÃO 05
No final do texto, o narrador diz que chega um dia em que o tempo da turma acaba e “passamos a ser gente”. Mas, na última frase, diz: “como dá saudade!”. O que ele quer dizer com “passamos a ser gente”?
____________________________________________________________________________________________________________________________________________

QUESTÃO 06
Indique, entre os itens que seguem, aquele que traduz melhor a postura do narrador em relação ao tema abordado.
(a) Com um olhar adulto e distanciado, o narrador faz uma crítica ao comportamento infantil e dependente dos adolescentes que participam de uma turma.

(b) Com uma visão saudosista, o narrador se lembra dos bons momentos que viveu com sua turma e do quanto foi feliz naquela época.

(c) O narrador faz uma reflexão crítica sobre o comportamento dos adolescentes que vivem em turmas, mas dá ao tema um enfoque pessoal e sentimental.


QUESTÃO 7
Descubra a relação que pode ser estabelecida entre as orações de cada item a seguir e depois indique qual destas conjunções coordenativas explicita essa relação: e, nem, mas, porém, todavia, porque, ou... ou, logo, portanto.
a) Sei que não devo me preocupar tanto, _______ sempre perco o sono na véspera das provas.
b) Tomávamos café toda tarde _______ conversávamos sobre banalidades.
c) Eu sei tocar violão; meu irmão, ____________ , sabe mais.
d) Não empreste ________alugue o seu apartamento a estranhos.
e) Estudou com afinco, _______ tirará boa nota.
f) Ele é de extremos: ______ ama, ______ odeia.

QUESTÃO 08
Leia os períodos a seguir e responda às questões:
• A estrada é bem conservada, mas é bom levar um 4x4.
• Ou todos combatem a epidemia, pois o risco é de todos, ou não haverá solução para o problema.
a) Em qual dos períodos a conjunção estabelece uma relação de oposição? Destaque essa oração e classifique-a
_____________________________________________________________________

b) Em qual dos períodos há uma oração coordenada assindética? Identifique-a.
_____________________________________________________________________

c) Quais são as orações cujas conjunções estabelecem relação de alternância? Como essas orações se classificam?
____________________________________________________________________________________________________________________________________________

d) Qual a oração cuja conjunção estabelece relação de explicação? Como essa oração é classificada?
______________________________________________________________________

QUESTÃO 9
Responda às questões a seguir sobre os termos da oração.
A - Classifique o sujeito das orações abaixo em simples, composto, indeterminado, oculto ou oração sem sujeito.
a) Por que estamos empurrando o carro? ______________________________________
b) O homem está parado em frente à escola. ___________________________________
c) Fizeram a maior bagunça na sala. _________________________________________

B – Leia as orações e responda:
• A professora perdeu a paciência.
• O carro precisa de conserto.
a) Os verbos das orações pertencem sempre ao:
( ) sujeito ( ) predicado
b) Nessas orações temos:
( ) predicado verbal ( ) predicado nominal
c) Os verbos dessas orações são:
( ) verbos transitivos ( ) verbos intransitivo

QUESTÃO 10
Classifique as orações coordenadas sindéticas presentes nos versos a seguir.
a) “Na passagem do ano c) “Já não sou
olhei muito, muito pro céu, quem eu fui
mas não consegui ver nem sei
a esperada lua azul.” quem serei.”
Elias José.
Carlos Queiroz Teles.

____________________________________________ __________________________________________
b) “Se for a rosa flor,
Quero ver se é mesmo rosa,
Pois nem sempre a rosa é rosa.”
Elias José.
__________________________________


BOA SORTE !!!!!

Um comentário:

  1. EU GOSTARIA DO GABARITO DAS QUESTÕES DE INTERPRETAÇÃO DO TEXTO

    ResponderExcluir