domingo, 23 de outubro de 2011

O Eterno Sacrifício
Como dar vida a uma verdadeira obra de arte
A não ser com a própria vida?
[Mario Quintana; Velório sem defunto, 1990]

"A Gioconda"
Descobri o famoso mistério
Do teu sorriso, Gioconda...
Pensando bem,
É o mesmo sorriso que tem
Essa gente sempre de boca fechada
De tanta gente no mundo...
O que há nisso de profundo? É apenas
Porque já perderam todos os dentes!
[Mario Quintana; Velório sem defunto, 1990]

Nenhum comentário:

Postar um comentário