sábado, 19 de maio de 2012

Roseana Murray


Estrela Cadente
Roseana Murray

Quando eu estiver
com o olhar distante,
maninha,
com um jeito esquisito
de quem não está presente,
não se assuste,
ó maninha,
fui logo ali,
no quintal do céu,
colher uma estrela cadente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário