sexta-feira, 1 de junho de 2012

Clarice Lispector




"Desculpai-me mas vou continuar a falar de mim que sou meu desconhecido, e ao escrever me surpreendo um pouco pois descobri que tenho um destino. Quem já não se perguntou: sou um monstro ou isto é ser uma pessoa? Quero antes afiançar que essa moça não se conhece senão através de ir vivendo à toa."
.
(Clarice Lispector em “A hora da estrela")

Nenhum comentário:

Postar um comentário