segunda-feira, 23 de julho de 2012

Redação


A “FRASE-GUIA” OU TÓPICO FRASAL
Vamos desenvolver nosso estudo sobre a modalidade dissertativa. Pode-se dizer que a dissertação é uma avaliação ou discussão de um problema. O tema proposto deve, portanto, ser colocado em discussão, examinado e avaliado criticamente, através de uma introdução, uma argumentação, uma conclusão.
Obs.: as palavras devem ser, apenas, o necessário e indispensável para a discussão do problema.
Vamos, portanto, a introdução:
Lugar do ponto de vista;
da frase núcleo;
da tese.
O parágrafo introdutório deve ter uma Frase-Guia ou Tópico Frasal. O parágrafo, elaborado dessa forma, mostra, claramente, ao leitor o assunto e facilita a organização do texto.
Suponha o tema: a modernidade tem inibido a capacidade afetiva do homem, abrindo uma perspectiva para o caos.

Parágrafo Introdutório
com base no tema:
A sociedade moderna, marcada por uma robotização sem precedentes, tem atingido o homem, mais diretamente, em sua capacidade de produzir afetos. Isso o alcança em seu caráter pessoal e coletivo, comprometendo o equilíbrio da espécie. Chegou um tempo, portanto, em que amar é a prioridade das prioridades.
Comentário:
A “Frase-Guia” problematiza a questão. Está claro, aí, que a robotização é causa da inibição afetiva (da incapacidade de o homem produzir afetos: amar). Em seguida apresenta uma conseqüência e a possível solução: o exercício do amor como prioridade máxima.
Aí está, então, o roteiro do texto. É sobre esses aspectos que ele vai discorrer. Todo o trabalho dissertativo decorrerá do Parágrafo Introdutório que deve ser composto de um Tópico Frasal (Frase-Guia) e seus elementos.
ESTRUTURA DO PARÁGRAFO INTRODUTÓRIO
Sugerimos, aqui, a prática do PARÁGRAFO-PADRÃO, que apresenta maior eficácia e é utilizado pela maioria dos escritores.
QUE É PARÁGRAFO-PADRÃO?
Segundo G. Otto Manoel é “Uma unidade de comunicação constituída por um ou mais de um período, em que se desenvolve determinada idéia central, ou nuclear, a que se agregam outras secundarias, intimamente relacionadas pelo sentido e logicamente decorrentes dela.”
VAMOS EXPLICITÁ-LO MELHOR PAAR APLICAÇÃO, MAIS ADEQUADA, AO TEXTO DISSERTATIVO;
É ideal que tenha três períodos (sem prolixidades ou floreios frasais).
Deve ter um processo completo de raciocínio que permita a análise das idéias nele contidas,
lembrando, sempre, que a introdução é um roteiro do texto.
Deve ter uma Frase-Guia (tópico frasal) que deixe bem definida a abordagem desejada. Trata-se de uma generalização, opinião pessoal, um juízo, uma declaração sobre algum aspecto do tema.
Observe, agora, modelos de excelência:
Texto I
A VIOLÊNCIA
A VIOLÊNCIA É O RESULTADO TÍPICO DA EXTRAPOLAÇÃO DE VALORES. ONDE HÁ RIQUEZA EXAGERADA, HÁ POBREZA EXAGERADA, ISTO É, MISÉRIA. ONDE HÁ AUTORIDADE EXAGERADA, NASCE A LIBERDADE EXAGERADA. ONDE UNS TÊM RIQUEZA E PODER EM EXCESSO, SURGE, FATALMENTE, O INSTINTO DE HONESTIDADE NATURAL A ESSA EXTRALIMITAÇÃO.
Tristão de Athayde
Texto II
A LIBERDADE
A LIBERDADE, COMO UM PRINCÍPIO VITAL, SEMPRE ESTEVE LIGADA AOS MOMENTOS MAIS REPRESENTATIVOS DA HISTÓRIA DO HOMEM. A LUTA PELA LIBERDADE TEM SIDO A PRÓPRIA LUTA PELA DIGNIDADE HUMANA, NO PLANO DO INDIVÍDUO E NO PLANO DE CADA POVO OU NAÇÃO. A LIBERDADE NÃO É, PARA O HOMEM, UMA QUESTÃO DE ESTADO INTENCIONAL, OU DE OPÇÃO, MAS UMA QUESTÃO DE NECESSIDADE.
Manoel Bueno Brito
Existem, naturalmente, outras feições do tópico como “alusão histórica, definição, criação, interrogação que o espaço não nos permite explorar.” No entanto a que acabamos de expor é, seguramente, a mais recorrente.
Fonte: http://www.vestibular1.com.br/enem/aulas/redacao/frase_guia_topico_frasal.pdf

Nenhum comentário:

Postar um comentário