segunda-feira, 23 de julho de 2012

Redação


O SENTIDO DO TEXTO
Podemos dizer que a trajetória do redator e do texto (ou dos textos) ao
texto. Ele tem de apreender o sentido do texto, ou textos propostos e elaborar
um novo texto. Portanto, o redator deve compreender a proposta temática,
capturando o significado das palavras, expressões e símbolos bem como,
identificando as relações existentes entre esses elementos. Há, também, que
se estabelecer relações entre tais elementos do texto e de outros textos e
outras esferas e, ainda, com aquelas idéias correntes na sociedade. Para isso,
é preciso que se tenha das peculiaridades da palavra:

Sentido denotativo: referencial
Sentido conotativo: figurado
Caráter polissêmico: vários significados

Então para a apreensão do sentido é importante que se tenha domínio
vocabular, senso crítico e uma bagagem de conhecimentos gerais.

Ex.: texto:
"Partir pra dimensão universal, mas levando bico ou na pata o grão de
terra com alimentar o vôo"
Anibal Machado

Compreensão do sentido:
Primeiro devem ser entendidas as expressões conotativas:
Dimensão universal — dimensão mais ampla, maior conhecimento, maior
espaço social ou intelectual.
Bico ou pata — as levam no bico ou na pata o alimento que as sustenta,
paralelamente o homem leva na mente ou no coração sua bagagem.
Grão de Terra — (alimento do vôo) — combustível. O combustível do vôo
do homem e o seu conhecimento, sua experiência, sua base, etc.
Vôo — para o homem é sua trajetória social, sua caminhada.

Podemos deduzir que esse tema quer dizer que:
O homem deve crescer, mas levando na mente ou no coração a base
(uma estrutura) com a qual possa alimentar sua trajetória social.
Temos aí dois elementos fundamentais do texto: Base e trajetória social.
Vamos especular. Que bases são essas? Conhecimento, experiência, valores.
O que é a trajetória social? Realizações, conquista de espaços e objetivos. E
como se dá essa caminhada? De um modo geral, com o enfrentamento de
problemas — preconceitos, discriminações, recessão, violência,
competitividade, incompetência política, etc. Enfim, não é fácil conquistar novos
espaços, não é fácil sobreviver, mas é preciso!

Agora, você já tem elementos para pensar a produção do seu texto. É
claro que, além dessas, outras associações e especulações podem ser feitas.
E não esqueça o que o vestibular espera: adequação ao tema, capacidade
critica argumentativa, discurso fluente e domínio da língua formal.
"OS HOMENS NÃO MELHORAM E MATAM-SE COMO PERCEVEJOS.
INABITÁVEL, O MUNDO CONTINUA CADA VEZ MAIS HABITADO E SE OS
OLHOS REAPRENDESSEM A CHORAR, SERIA UM SEGUNDO DILÚVIO."
CARLOS DRUMONND

Fonte:http://www.vestibular1.com.br/enem

Nenhum comentário:

Postar um comentário